Detetive particular agora têm profissão regulamentada

APROVADO o PL 1211/2011 de MINHA AUTORIA que regulamenta a profissão de Detetive Profissional do  Brasil.

 

O Projeto de Lei dispõe sobre a profissão de detetive particular, cria o Conselho Federal de Detetives do Brasil e os Conselhos Regionais de Detetives e dá providências correlatas.

Além de receber o devido reconhecimento, estes profissionais terão agora a oportunidade de ampliar seu conhecimento de profissional de investigação e ser mais um recurso da polícia para revelar crimes.

Na foto: Entrega de cópia da lei aprovada, com Itacir Flores- Presidente Nacional Pró Regulamentação da Profissão de Detetive do Brasil, Deputado Ronaldo Nogueira e Vinicius Di Cresci – advogado e professor.

 

ACOMPANHE O ANDAMENTO DESTA EMENDA NA CÂMARA DOS DEPUTADOS:

http://www.camara.gov.br/proposicoesWeb/fichadetramitacao?idProposicao=500182

 

Clique neste link e veja uma matéria super criativa sobre a profissão de detetive. A matéria é antiga, a diferença é que agora a profissão de detetive é regulamentada.

About these ads

123 pensamentos sobre “Detetive particular agora têm profissão regulamentada

  1. sou detetive aqui de manaus mais estou feliz assim como todos os colegas profissional desta área somente desta forma teremos mais liberdade para certas situações de serviço desejo tudo de bom ao nosso padrinho dentro do senado o sr Ronaldo Nogueira um abraço em nome de todos os colegas

    • ME PARECEU VIAVEL INFORMA LOS QUE SE NAO ESTOU ENGANADO , . ESTE PROJETO EM QUESTAO , IRÁ AO SENADO FEDERAL , VOLTARÁ A CÂMARA DOS DEPUTADOS , DAI ENTAO , IRÁ A SANSAO PRESIDENCIA, ISTO PORQUÊ A DEPUTADA GOIANA, RELATORA DO PROJETO JÁ ANALIZOU A CONSTITUCIONALIDADES DO CITADO PRJETO.[
      FORTE ABRAÇOS A TODOS COMPANHEIROS , OBRIGADO PELA LUTA.
      Reinaldo G Valadares MG

      • Quero agradecer a deputada Flávia Morais relatora do Projeto de Lei 1211/11, do deputado Ronaldo Nogueira, aprovando.a regulamentação da profissão de detetive profissional no Brasil, e ao mesmo tempo protestar pelo espaço
        de trabalho que perdemos, a cada nova CBO que é publicada; pedimos que analise com carinho o espaço.de trabalho da categoria.

        PEDIDO PARA MANTER O DIREITO ADQUIRIDO DA CBO-94 MTE GRUPO Nº5-82.40
        Onde perdemos espaço para os VIGILANTES, que deveria trabalhar FARDADOS como manda a LEI, e não a paisano como o Detetive Particular.

        VEJA DESCRIÇÃO A BAIXO

        Nº da CBO-94: 5-82.40 Título: Detetive particular
        Descrição resumida: Realiza investigações de caráter particular, colhendo informações, fazendo sindicâncias, interrogando pessoas ou usando outros recursos, para atender a solicitações de estabelecimentos comerciais e outras empresas ou de pessoas físicas:
        Descrição detalhada: registra o pedido dos clientes, anotando todos os dados, informações e outros subsídios, para possibilitar a pesquisa solicitada; investiga os casos de furto, fraude e outros atos ilícitos em estabelecimentos, como empresas industriais ou comerciais, bancos, companhias de seguros, hotéis e outros, atentando para as pessoas e atividades que lhe pareçam suspeitas, para descobrir os infratores e possibilitar a tomada de medidas cabíveis em cada caso; faz averiguações sobre a vida e conduta de pessoas ou grupo de pessoas, realizando sindicâncias, com base nos dados preliminares fornecidos pelos clientes, para colher informações completas sobre as mesmas, a fim de apurar suspeitas, verificar a possibilidade de contratação para empresas e outros fins; investiga o paradeiro de pessoas desaparecidas, baseando-se em fotografias, retratos falados e outros recursos, para localizá-las e possibilitar o encaminhamento das mesmas à família, entidades ou local de onde se afastaram. Pode vigiar estabelecimentos e empresas e os bens e objetos neles depositados, em caráter permanente, para evitar e/ou descobrir furtos e outras irregularidades, dsde que estiver a paisano com as características de um detetive; Traje social, paletó e gravata. .

        VEJA CBO-2002 MTE.
        Título
        3518-05 – Detetive profissional CBO-2002
        Agente de investigação privada, Detetive particular, Investigador particular

        Descrição Sumária
        Investigam crimes; elaboram perícias de objetos, documentos e locais de crime; planejam investigações; efetuam prisões, cumprindo determinação judicial ou em flagrante delito; identificam pessoas e cadáveres, coletando impressões digitais, palmares e plantares. Atuam na prevenção de crimes; gerenciam crises, socorrendo vítimas, intermediando negociações e resgatando reféns; organizam registros papiloscópicos e custodiam presos. Registram informações em laudos, boletins e relatórios; colhem depoimentos e prestam testemunho.

      • Prezado companheiro.
        no momento , para que se regularize seus direitos até aqui adiquirido, vá a prefeitura da cidade onde voce reside e faça seu registro autônomo, este é seu direito na forma da lei LCP116/2003(TABELA DE CLASSIFICAÇÃO 34.1 DETETIVES E CONGÊNERES), isto que estou lhe informando, ainda NAO É o que se refere esta nova regulamentaçao que virá certamente, mas isto é direito adiquerido, esta lei que 116/2003,é uma LEI complementar de 2003 ,onde transferiu para as prefeituras os requerimentos para o alvará supra, de todas profissoes autônoma..
        BUSQUE SEUS DIREITOS

        SSDPGVMG

    • Prezado companheiro.
      no momento , para que se regularize seus direitos até aqui adiquirido, vá a prefeitura da cidade onde voce reside e faça seu registro autônomo, este é seu direito na forma da lei LCP116/2003(TABELA DE CLASSIFICAÇÃO 34.1 DETETIVES E CONGÊNERES), isto que estou lhe informando, ainda NAO É o que se refere esta nova regulamentaçao que virá certamente, mas isto é direito adiquerido, esta lei que 116/2003,é uma LEI complementar de 2003 ,onde transferiu para as prefeituras os requerimentos para o alvará supra, de todas profissoes autônoma..
      BUSQUE SEUS DIREITOS

      SSDPGVMG

  2. Nós da agencia nacional de detetives localizada no estado do amazonas em manaus viemos por meio deste agradecer ao deputado ronaldo pelo sucesso da aprovação da lei de regulamentação da profissão de detetive particular.

    Ass: Detetive inspetor stenio e Detetive diretor francisco barata

  3. é com muito orgulho que eu tenho a agradecer a vc deputado,Ronaldo Nogueira, por essa vitória e vamos junto com muita luta,respeito, e assima de tudo com honestidade, DETETIVE :CRUZ, Manaus-Am

  4. É gratificante a conquista da regulamentação, porém é necessário a continuidade dos Detetives expor suas necessidades reais.
    Meus votos e parabenização ao Senhor Deputado Nogueira, e todos que de alguma forma contribuíram para a realização deste feito.
    Ao meu amigo e Presidente do Sindesp de São Paulo, Senhor Carvalho, parabenizo e meus aplauso pela sua luta pela nossa classe.

    Jerry ( Magary) Bauru

  5. Prezados, é com grande satisfação que dou meus cumprimento ao presidente Itacir Flores e a todos os deputados que apoiaram a regulamentação de lei a profissão dos Detetives profissionais do Brasil, Grato. Detetive Bor.

  6. Reunião dia 13 de março 13, em Brasília no Ministério da Trabalho sobre a regulamentação da profissão de Detetive Profissional no Brasil. Presente o autor do PL 1211/11, deputado federal do PB RS Ronaldo Nogueira.

  7. Bancada Gaúcha recebe documento sobre a regulamentação da profissão de Detetive particular no Brasil para juntar a tramitação do PL 1211/11, de autoria do deputado federal Ronaldo Nogueira do PTB RS

  8. UM GRUPO DE 09 DETETIVES ESTEVE EM BRASÍLIA NOS DIAS
    12 13 E 14 DE MARÇO.

    Além das audiências marcadas visitaram diversos órgãos públicos;

    Detetives que estiveram em Brasília nos dias 12, 13 e 14 de março para tratar assuntos diversos sobre a categoria.
    RELAÇÃO NOMINAL.
    i. Detetive Itacir Flores – Presidente Comissão Nacional Pro Regulamentação da Profissão de Detetive Particular Privado no Brasil;

    ii. Detetive Luiz Henrique de Vargas – Vice Presidente;

    iii. Detetive Fabiana Aparecida Michel Lemos – Secretária Geral;

    iv. Detetive Amadeu Camargo – Presidente da AGADEP – Associação Gaúcha dos Detetives Particulares;

    v. Detetive Adelar Osorio da Silva Borges – Membro Comissão;

    vi. Detetive Alexandre da Silva Arisi – Membro Comissão;

    vii. Detetive Jeferson da Rosa Menezes – Membro Comissão;

    viii. Detetive Ivone Fatima Prando – Membro Comissão;

    ix. Ministério do Trabalho – Assunto: Apresentar a Comissão ao Ministério do Trabalho e tratar sobre a possibilidade de começarmos a discutir com o departamento responsável do MT a situação trabalhista para a categoria conforme prevê o PL 1211/11;

    x. Senado Federal – Assunto: Apresentar a Comissão Nacional ao Presidente do Senado a fim de estreitar as relações e buscar apoio a categoria, visto estar para ser sancionado o PL 1211/11; TODA A COMITIVA

    xi. Câmara Federal – Assunto: Apresentar a Comissão Nacional ao Presidente da Câmara Federal a fim de estreitar as relações e buscar apoio a categoria, visto estar para ser sancionado o PL 1211/11; TODA A COMITIVA.

    xii. CCJ da Câmara – Agradecer os membros da CCJ pela análise, apoio e aprovação da PL 121/11; TODA A COMITIVA.

    xiii. Bancada Gaúcha – Assunto: Apresentar a Comissão Nacional a Bancada Gaúcha da Câmara Federal, a qual o Dep. Ronaldo é Presidente, a fim de estreitar as relações e buscar apoio a categoria, visto estar para ser sancionado o PL 1211/11; TODA A COMITIVA.

    xiv. TV Senado – Entrevista com o presidente da comissão e/ou outro membro e o deputado Ronaldo Nogueira sobre o assunto;

    xv. Palácio do Planalto – Secretaria de Relações Institucionais – SRI

    Subchefia de Assuntos Parlamentares – SUPAR

    Desde já queremos agradecer a atenção de todos, especialmente o Senhor Deputado Ronaldo Nogueira e seus assessores, pela dedicação e carinho que fomos recepcionados.

    Meu Muito Obrigado… Que Deus Abençoa e Ilumine os Caminhos de Todos Nós ‼

    UM GRUPO DE 09 DETETIVES ESTEVE EM BRASÍLIA NOS DIAS
    12 13 E 14 DE MARÇO.

    Além das audiências marcadas visitaram diversos órgãos públicos;

    Detetives que estiveram em Brasília nos dias 12, 13 e 14 de março para tratar assuntos diversos sobre a categoria.
    RELAÇÃO NOMINAL.
    i. Detetive Itacir Flores – Presidente Comissão Nacional Pro Regulamentação da Profissão de Detetive Particular Privado no Brasil;

    ii. Detetive Luiz Henrique de Vargas – Vice Presidente;

    iii. Detetive Fabiana Aparecida Michel Lemos – Secretária Geral;

    iv. Detetive Amadeu Camargo – Presidente da AGADEP – Associação Gaúcha dos Detetives Particulares;

    v. Detetive Adelar Osorio da Silva Borges – Membro Comissão;

    vi. Detetive Alexandre da Silva Arisi – Membro Comissão;

    vii. Detetive Jeferson da Rosa Menezes – Membro Comissão;

    viii. Detetive Ivone Fatima Prando – Membro Comissão;

    ix. Ministério do Trabalho – Assunto: Apresentar a Comissão ao Ministério do Trabalho e tratar sobre a possibilidade de começarmos a discutir com o departamento responsável do MT a situação trabalhista para a categoria conforme prevê o PL 1211/11;

    x. Senado Federal – Assunto: Apresentar a Comissão Nacional ao Presidente do Senado a fim de estreitar as relações e buscar apoio a categoria, visto estar para ser sancionado o PL 1211/11; TODA A COMITIVA

    xi. Câmara Federal – Assunto: Apresentar a Comissão Nacional ao Presidente da Câmara Federal a fim de estreitar as relações e buscar apoio a categoria, visto estar para ser sancionado o PL 1211/11; TODA A COMITIVA.

    xii. CCJ da Câmara – Agradecer os membros da CCJ pela análise, apoio e aprovação da PL 121/11; TODA A COMITIVA.

    xiii. Bancada Gaúcha – Assunto: Apresentar a Comissão Nacional a Bancada Gaúcha da Câmara Federal, a qual o Dep. Ronaldo é Presidente, a fim de estreitar as relações e buscar apoio a categoria, visto estar para ser sancionado o PL 1211/11; TODA A COMITIVA.

    xiv. TV Senado – Entrevista com o presidente da comissão e/ou outro membro e o deputado Ronaldo Nogueira sobre o assunto;

    xv. Palácio do Planalto – Secretaria de Relações Institucionais – SRI

    Subchefia de Assuntos Parlamentares – SUPAR

    Desde já queremos agradecer a atenção de todos, especialmente o Senhor Deputado Ronaldo Nogueira e seus assessores, pela dedicação e carinho que fomos recepcionados.

    Meu Muito Obrigado… Que Deus Abençoa e Ilumine os Caminhos de Todos Nós ‼

    • MEU GRANDE COMPANHEIRO QUE QUER REGULARIZAR SUA SITUAÇAO COMO DETETIVE VÁ A PREFEITURA DE SUA CIDADE E PEÇA O REGISTRO AUTÕNOMO COMO DETETIVE , E AGUARDE AO FINAL DA TRMITAÇAO DA FUTURA LEI. RECONHECIDOS: ISTO JÁ SOMOS A MUITO TEMPO, MAS , O MELHOR É QUE APARTIR DA SANSAO DESTA LEI , SEREMOS REGULAMENTADOS, TANTO A ATIVIDADES QUE É REGULAMENTADO DESDE 1957,E AGORA CHEGOU A VEZ DA PROFISSAO EM SI, NAO DEIXANDO QUAISQUER SOMBRA DE DÚVIDAS SOBRE DETETIVES PARTICULARES BRASILEIROS . RECONHEÇO A INCANSSAVEL LUTA DE MUITOS PIONEIROS , E GRADEÇO DE CORAÇAO O ILUSTRE DEPUTADO FEDERAL RONALDO NOGUEIRA.

      RSNGVMG

    • OS DETETIVES QUE ESTÃO LUTANDO PARA MELHORIA DA PROFISSÃO INVESTIGATIGAVA PARTICULAR.SINTA COM O MEU APOIO TOTAL.ASS.VALDENI MARTINS DETETIVE GERAL.VM 734.066 E TENHO CERTEZA QUE A EQUIPE INVESTIG TAMBÉM APOIA ESTA IDÉIA GENIAL EM PRÓ DE NOSSA PROFISSÃO.ETC…

  9. boa tarde para c meu amigos e deputado quero vc bota uma elei do detetive eu so detetive do brasil eu ja fui trabanhas estado unido meu amigos foi bem recebido meu amigos eu tive que faz uma geritro depatameito de police para mim trabalnas no pais a pou foi bem recebido medeiro apolo na invetição la tem elei meu amigos detetive no estado unidos e gos police poque no brasil tem e dicreminado meu amigos

  10. Boa Tarde!
    É bastante confortável saber que têm pessoas sérias tratando desse assunto,e mais vamos se unir fazer abaixo-assinado ,o que for necessário para saímos como vencedores.
    já que ninguém dos órgãos públicos (polícia em geral),não reconhecem a LEI 3.099 de 24/02/1957,que trata do mesmo assunto.
    AIRTON MARQUES DETETIVE PROFISSIONAL DESDE 1989

  11. Quero agradecer a todos os deputados (as), que entenderam e se empenharam nesta jornada; para que a regulamentação da profissão de investigador particular (detetive); viesse acontecer tambem no Brasil; em especial ao Deputado senhor Ronaldo Nogueira; poderão os senhores ter a certeza de que, continuaremos primando pela honestidade,seriedade,bom senso e profissionalismo; muito obrigado
    Adão Ferreira
    Investigador particular em Mato Grosso

  12. Bom dia, nobre deputado!

    Como faço para ver a publicação da lei no diário oficial, ou como tenho acesso a publicação oficial dessa lei em algum orgão público.

  13. E muito importante regulamentar; Essa antiga profissão. Mesmo por que todos nós sabemos que no Brasil sempre existiu a investigação privada; e que milhares de profissionais tem ganhado o pão de cada dia sustentando suas familias mas na clandestinidade inclusive eu. Que doravante vou passar a contribuir Graças a Deus.
    .

  14. Soy Licenciado en Ciencias Criminalisticas de La Universidad Tecnologica Metropolitana de Chile y es una gran felicidad este logro en post de la investigación privada y particular, ya que ahora estoy morando em Brasil….. Parabens para voces !!!

  15. Eu estive na prefeitura do rio de janeiro levei minha documentação toda para fazer o registro provisorio e foi passado para mim que a prefeitura não tinha nada haver com o tal registro ,resumindo continuo na mesma ,a única coisa que foi passado que eu tinha que me dirigira uma delegacia ,nao sei para quer .

    • Caro Maurício, na verdade as prefeituras nada tem haver com registros de Detetive diretamente, o lugar que você tem que ir é na Secretaria de Finanças do seu município e fazer seu registro de autônomo. A Lei do Detetive já existe, mas ainda tem que ser sancionada pela Presidente Dilma, que dificilmente o fará, eles não gostam de Investigadores que não estejam sob seus domínios. Nos resta ela vetar e a Lei voltar para o Congresso e ser sancionada por lá, até então, vamos as Secretárias de Finanças locais e fazer os devidos registros.
      Grande abraço e parabens ao nobre Deputado pela conquista, que é principalmente dos Detetives.

      • HÁAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAI: ASSIM VOCES , VIOLAM SEUS PRÓPIOS DIREITOS: A SECRETARIA DE SEGURANÇA PÚBLICA É A QUE NAO TEM NADA VER COM DETETIVE PATICULAR, DEPOIS DO MANDADO DE SEGURANÇA DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL QUE DEU COMO EXORBITANTE, O DECRETO 50532/61 QUE REGULAMENTOU A LEI3099/57,
        APARTIR DAI PRATICAMENTE , ELIMINOU A ÇAO POLICIAL SOBRE OS TRABALHOS QUE ENVOLVE DETETIVE PARTICULAR. DIZ A DECISAO DO SUPREMO: É ILEGITIMO A INTERDIÇAO IMPOSTA A TAL ATIVIDADE(DETETIVE PARTICULAR) POR AUTORIDADE POLICIAL, PORQUÊ ARRIMADO EM LEI 3099/57.
        ANTES DESTE MANDADO DE SEGURANÇA ERA AS SECRETÁRIAS DESTE GÊNERO QUE CUIDAVA DE DÁ AUTORIZAÇÃO E FISCALIZAREM
        DETETIVES , ELES RECONHECIA A LEI E NAO O DETETIVE EM SI.O MANDADO É:84955/SP

      • kkkkkkk Caro Reinaldo, eu citei a Secretaria Municipal de Finanças – SEFIN, não a de Segurança, acho que o amigo se equivocou, leia novamente.
        Quanto a decisão do STF, sim, ela está em vigor, mas quero que o amigo saiba que todos os profissionais do ramo já conhecem esta decisão. Mas valeu a intenção.
        Abcs, resta saber se a presidente vai sancionar ou não. Alguém se habilita a comentar o assunto?

    • PREZADO COMPANHEIRO.
      USE DE SEUS DIREITOS :REGISTRO PROFISSIONAL DE DETETIVE PARTICULAR É ASSEGURADO NA LEI LCP116/2003 TABELA ANEXA A LEI NÚMERO 34.1 DETETIVE PARTICULAR OU INVESTIGAÇÃO PARTICULAR, É INCUMBÊNCIA DA PREFEITURA FAZER SEU REGISTRO AUTÔNOMO , MAS ,SE VOCE QUIZER PODERÁ REQUERER EM QUALQUER CIDADES DO BRASIL , ONDE VOCE BEM SE ENTERESSAR , ISTO É DIREITO , ESTÁ LEI FOI CRIADA EXATAMENTE PARA EVITAR LACUNAS , PROVENIENTE DO EXERCIOS LEGAIS DAS PROFISSOES

      • “O REGISTRO EM PREFEITURAS MUNICIPAIS, NÃO É O DA PROFISSÃO DE DETETIVE PARTICULAR, E SIM, A OBTENÇÃO DE ALVARÁ PARA FUNCIONAMENTO DE ESCRITÓRIO PROFISSIONAL DE AUTÔNOMO OU PARA A PESSOA JURÍDICA QUE DESEJA ESTABELECER-SE COM UMA EMPRESA. O ALVARÁ, NADA MAIS É DO QUE UMA LICENÇA PARA FUNCIONAMENTO DE UM ESTABELECIMENTO EM DETERMINADO LOCAL, SEJA ELE PROFISSIONAL AUTÔNOMO OU PESSOA JURÍDICA. SE O DETETIVE DESEJA TRABALHAR SEM UM ESCRITÓRIO, POR EXEMPLO, NÃO É OBRIGADO A SOLICITAÇÃO DE ALVARÁ E, NESSE CASO, PROCURE A SUA ASSOCIAÇÃO DE CLASSE E SE CREDENCIE. DA MESMA FORMA, PROCURE O INSS E RECOLHA SUA CONTRIBUIÇÃO PREVIDENCIÁRIA, PAGANDO ATRAVÉS DE UM CARNÊ QUE O INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA SOCIAL, FORNECE. EM ÚLTIMO CASO, SE O DETETIVE PREENCHER OS REQUISITOS, ASSOCIE-SE AO CONSELHO DOS DETETIVES DO BRASIL, QUE HÁ 26 ANOS CREDENCIA OS MELHORES DETETIVES DO PAÍS.

  16. BOA NOITE!!
    COM A REGULAMENTAÇÃO ESTAREMOS LIVRES DE ALGUMAS ASSOCIAÇÕES ,QUE NA VERDADE É MEIO DE VIDA PARA MUITOS .
    AIRTON MARQUES
    DETETIVE PROFISSIONAL

  17. Bom senhor deputado,eu sempre foi comtra politicas na verdade sou um tome na vida mais agoranao so eu mais a categoria(detetive)muitos lutaram e so o senhor venseu deixo meu respeito ao SENHOR com orgulho grato Detetive Ribeiro Brasilia

    • Alguém sabe informar se o governo vai permitir que esta Lei entre em vigor? Será que a Presidente não irá vetá-la? Lembrem, em governo que é composto por quem está fazendo coisas erradas, eles não gostam de Investigadores.

  18. • Agradecemos o contato e interesse no I I C C. já tenho o curso do I B J conhecimento e meus colegas avançado de investigação, temos quer mostrar a nossa capacidade avançado na investigação melhorar cada dia mais para melhor quer nossa intuição, venha ser cada dia ser reconhecido melhor instituto Bechara JALKH com bom aluno quer tem sua profissão exemplando sua competência na sua atividade no seu trabalho. detetive_ferreira1@ Hotmail.com; quer e muito bom para todos.profissão regulamentada Detetive particular agora têm. OBRIGADO; DEPUTADO RONALDO NOGUEIRA Além de receber o devido reconhecimento, estes profissionais terão agora a oportunidade de ampliar seu conhecimento de profissional de investigação e ser mais um recurso da polícia para revelar crimes.

    Na foto: Entrega de cópia da lei aprovada, com Itacir Flores- Presidente Nacional Pró Regulamentação da Profissão de Detetive do Brasil, Deputado Ronaldo Nogueira e Vinicius Di Cresci – advogado e professor. venha ser cada dia ser reconhecido melhor I I C C INSTITUTO DE INVESTIGAÇÕES CIENTIFÍCA E CRIMINAIS.Lei 3099 de 24 de Fevereiro de 1957;Art 5o. Os estabelecimentos autorizados a funcionar fornecerão à Polícia (à Superintendência da Ordem Política e Social e à Chefia do Departamento de Investigações, onde existirem),todas as informações que lhes forem solicitadas.

  19. Quero agradecer a deputada Flávia Morais relatora do Projeto de Lei 1211/11, do deputado Ronaldo Nogueira, aprovando.a regulamentação da profissão de detetive profissional no Brasil, e ao mesmo tempo protestar pelo espaço
    de trabalho que perdemos, a cada nova CBO que é publicada; pedimos que analise com carinho o espaço.de trabalho da categoria.

    PEDIDO PARA MANTER O DIREITO ADQUIRIDO DA CBO-94 MTE GRUPO Nº5-82.40
    Onde perdemos espaço para os VIGILANTES, que deveria trabalhar FARDADOS como manda a LEI, e não a paisano como o Detetive Particular.

    VEJA DESCRIÇÃO A BAIXO

    Nº da CBO-94: 5-82.40 Título: Detetive particular
    Descrição resumida: Realiza investigações de caráter particular, colhendo informações, fazendo sindicâncias, interrogando pessoas ou usando outros recursos, para atender a solicitações de estabelecimentos comerciais e outras empresas ou de pessoas físicas:
    Descrição detalhada: registra o pedido dos clientes, anotando todos os dados, informações e outros subsídios, para possibilitar a pesquisa solicitada; investiga os casos de furto, fraude e outros atos ilícitos em estabelecimentos, como empresas industriais ou comerciais, bancos, companhias de seguros, hotéis e outros, atentando para as pessoas e atividades que lhe pareçam suspeitas, para descobrir os infratores e possibilitar a tomada de medidas cabíveis em cada caso; faz averiguações sobre a vida e conduta de pessoas ou grupo de pessoas, realizando sindicâncias, com base nos dados preliminares fornecidos pelos clientes, para colher informações completas sobre as mesmas, a fim de apurar suspeitas, verificar a possibilidade de contratação para empresas e outros fins; investiga o paradeiro de pessoas desaparecidas, baseando-se em fotografias, retratos falados e outros recursos, para localizá-las e possibilitar o encaminhamento das mesmas à família, entidades ou local de onde se afastaram. Pode vigiar estabelecimentos e empresas e os bens e objetos neles depositados, em caráter permanente, para evitar e/ou descobrir furtos e outras irregularidades, dsde que estiver a paisano com as características de um detetive; Traje social, paletó e gravata. .

    VEJA CBO-2002 MTE.
    Título
    3518-05 – Detetive profissional CBO-2002
    Agente de investigação privada, Detetive particular, Investigador particular

    Descrição Sumária
    Investigam crimes; elaboram perícias de objetos, documentos e locais de crime; planejam investigações; efetuam prisões, cumprindo determinação judicial ou em flagrante delito; identificam pessoas e cadáveres, coletando impressões digitais, palmares e plantares. Atuam na prevenção de crimes; gerenciam crises, socorrendo vítimas, intermediando negociações e resgatando reféns; organizam registros papiloscópicos e custodiam presos. Registram informações em laudos, boletins e relatórios; colhem depoimentos e prestam testemunho.

  20. meu nome e claudio sou detetive a 2 anos tenho 4 filhos e estou muito feliz dessa noticia fiz meu curso no ipr eu e minha familia vive da minha profiçao estou muito grato obrigado deputado

  21. Detetive Nilton
    Caixa postal 174 cidade Boituva-sp
    Graças a nova lei PL1112/2011 agora devemos honra o nome que usamos munidos do seu distintivo como verdadeiro DETETIVE,” como um servidor da comunidade”…

  22. DETETETIVE NIL
    CAIXA POSTAL 174 CEP 18550-000 BOITUVA – SP.
    Sou formado pela conceituada CENTRAL UNICA FEDERAL DOS DETETIVES, e gostaria de agradecer pelo empenho do nosso querido deputado Sr Ronaldo nogueira pelo projeto lei 1211/2011. ficamos felizes…

  23. Formado no ano de 1976 pelo extinto I.I.C.C – Instituto de Investigações Científicas e Criminais / RJ, à época dirigida pelo renomado Detetive Bechara Jalkh, atuo a 31 anos na área de Inteligência Privada, sendo fundador a primeira agência de investigações privadas do Estado de Santa Catarina. Quero, de pronto, juntar-me aos colegas de profissão para agradecer de forma muito especial ao Dep. Ronaldo Nogueira e a Dep. Flávia Moraes, Relatora do Projeto de Lei 1211/11 pelo empenho na tramitação desta matéria na Câmara dos Deputados. Todavia, esse é o primeiro grande passo para o reconhecimento da profissão de Detetive Profissional Privado no Brasil, atividade laboral esta, até então fundamentada em dois Decretos Presidencias, diga-se de passagem, a muito ultrapassados. O próximo passo importante é a criação, de fato e de direito, do Conselho Federal e dos Conselhos Estaduais,bem como, a criação e registro junto ao MEC, do Curso Técnico Profissionalizante de Nível Médio, como parâmetro para a formação dos profissionais que irão atuar nesta área de conhecimento, a qual, importante dizer, especialíssima. Neste sentido, e sendo professor com formação superior, desde já coloco-me a dsposição, para que, junto com os colegas, iníciar os estudos para a elaboração de uma Grade Curricular que venha de encontro as necessidades do aluno e que os prepare, de forma segura para atuação neste mercado de trabalho. Segue a minha direção de e.mail para contato. Att.
    Prof. Det. Josué Oliveira > contato.josueoliveira@ig.com.br

  24. DETETIVE VALDIR
    setembro 18 2013
    MG sou formado pela divisão nacional de inteligencia
    gostaria de enviar meu abraço aos colegas detetives de todo brasil
    e agradecer ao ilustre deputado federal Sr RONALDO NOGUEIRA por este grande feito.

  25. Nunca me senti tão feliz e contente consagrando um momento tão bom. Finalmente, tendo chegado aos 60 anos, vejo com muita alegria a consolidação do que é mais necessário à profissão de Detetive Particular. Outrora, e, por várias ocasiões passei muitos dissabores em pleno exercício profissional quando por necessidade do ofício me deparei em atividade com policiais sem escrúpulos. Nessas horas passei muito vexame, humilhações e constrangimento me causando injustamente intenso sofrimento, isso porque, simplesmente eu me identificava como detetive e, como não havia nenhum outro motivo ou razão que pudesse me incriminar se aproveitavam para cometer abusos e todo tipo de arbitrariedades entre os quais: VOU LHE MANDAR PARA UM PRESÍDIO SÓ QUEM PODE INVESTIGAR É POLÍCIA – SE LHE ENCONTRARMOS NESTA JURISDIÇÃO MANDO PRENDÊ-LO – SE EU ENCONTRASSE UM CARA DESSES ATRÁS DE MIM LHE DAVA UM TIRO NA CARA – VOCÊ NÃO É NADA DETETIVE PARA MIM É MERDA… E por aí vai. Além dessas e outras ainda existe a retenção física ilegal, quando em alguns casos a liberação da repartição policial só vinha a ocorrer depois de muitas horas de massada, e isso sem nenhuma justificação. Mas, apesar de ter passado por esses abusos nunca desistí da profissão de detetive na qual trabalho há mais de 40 anos, e até que a profissão seja sancionada oficialmente dando pleno embasamento legal para se poder trabalhar legalizadamente, nós detetives devemos nos cercar de todos os cuidados e dispor de relevantes documentos comprobatórios que demonstrem a nossa idoneidade, isso porque, o detetive se deparando em serviço com policiais criminosos, mesmo provando que é idôneo ainda corre o risco de sofrer todo tipo de atentado criminoso, até mesmo a ceifação da própria vida.

    Ao longo da história de desamparo ao Detetive Particular, eis que surge um redentor. O deputado RONALDO NOGUEIRA, não pode ser visto por essa categoria como um simples mortal. Não, êle deve ser consagrado como imortal e reverenciado como um Super Herói da profissão de detetive particular, porque foi com a sua iniciativa, com a sua ação e com a sua coragem em meio a oposição de tantos, que conseguiu assiduamente e com brilhantismo alavancar esse marco na profissão do Detetive Particular.

    Em nome de toda a categoria nossos agradecimentos ao Ilustre deputado RONALDO NOGUEIRA.

    • Olá Osmar… Tudo bom amigo? No seu caso, no meu caso e de tantos outros colegas espalhados neste imenso Brasil, que abraçaram essa profissão por pura paixão e a tem exercido de forma ética e profissional, a Lei 1211/11, defendida pelo nobre Dep. Ronaldo Nogueira, vem para lavar a nossa alma. Hoje com 55 anos de idade e 31 anos de profissão, iniciei minhas atividades em 1981 com o curso do I.I.C.C – Instituto de Investigações Científicas e Criminais/RJ, então dirigido pelo mestre Bechara Jalkh, a quem tive o prazer de conhecer pessoalmente, sinceramente já havia perdido as esperanças de ver a profissão de Detetive Profissional Privado regulamentada de fato e de direito. É um primeiro passo de uma caminhada que só será concluida com a criação dos Conselhos, Federal e Estaduais, além da homologação de um Curso de Formação Técnica de Detetive Profissional Privado, em nível médio, devidamente reconhecido pelo MEC. Mas a aprovação da Lei 1211/11 é um passo super importante no processo, ja´que, uma longa caminhada, se inicia com o primeiro passo. E vamos em frente! Abraço.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s