A luta contra a inflação

DPRN#001 - Marca Aprovada 2014-01
O anúncio de impacto de 0,82% de reajuste de preços para o consumidor em janeiro nos dá um sinal de alerta do retorno da inflação. A aceitação desse cenário implica em permitir que outros serviços e produtos sejam majorados, elevando esses índices e tirando o poder de compra do salário mínimo.

O Capital se move pelo lucro e culpa os reajustes do salário mínimo pelo aumento de preços e retorno da inflação, e não quer falar nas verdadeiras causas por ser conveniente. Isso sempre acontece quando o trabalhador procura ter a remuneração de seu labor mais próxima daquilo que é justo, foi assim quando foi instituído o salário mínimo, depois o décimo terceiro salário e, todos os anos, quando noticia-se os índices de reajuste salários, dissídios de categorias, etc.

O salário do trabalhador não é culpado pelo aumento de preços, mas sim, principalmente, dos fatores que destaco: a natureza capitalista influente no mercado e que precisa ser contida; e o Governo ineficiente na gestão de seus custos, que precisa manter uma carga tributária elevada para cobrir suas despesas com efeito nos custos de nossa produção e serviços. É também a precariedade de nossa infraestrutura que eleva os custos de transportes das nossas mercadorias.

Produtos dependem do trabalhador para serem produzidos, comercializados e consumidos. A economia não vai girar se o trabalhador não comprar e não consumir. Portanto, tudo depende do trabalhador, já que o Governo é incapaz e o Capital é injusto e ganancioso. Cabe ao trabalhador promover uma ação que impeça o retorno da inflação. Como, se alguns sindicatos perderam a essência e os partidos políticos foram corrompidos? O que fazer? Na hora da compra: não aceite pagar qualquer reajuste de preços; exija qualidade nos serviços e produtos; exija transparência do Governo; exija qualidade nos serviços públicos; e exija respeito!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s