Carazinho e os seus 83 anos de emancipação

an_carazinho_83anos_fb-01

 

No dia em que Carazinho comemora seus 83 anos de emancipação político-administrativa é o momento ideal para imaginarmos a cidade completando seu centenário. A diversidade cultural de seu povo, com vocação muito forte para o trabalho, e a solidariedade propicia um ambiente muito fértil para planejarmos e projetarmos uma Cidade Extraordinária para viver e produzir. Se comemoramos esses 83 anos de paz, sem catástrofes, sem pestes; se comemoramos nossa localização geográfica, geração própria de energia, agricultura, pecuária, indústria, nosso comércio e serviços, nossa educação, saúde e segurança, nosso esporte, lazer e nossa fé, também devemos refletir se não poderíamos ter feito mais e melhor. Os erros e os acertos do passado devem ser elementos motivadores para nossa reflexão, avaliação e definição da cidade queremos daqui a exatamente 17 anos.

Sugiro um planejamento, um movimento compartilhado com todos, ouvindo os cidadãos, o trabalhador, o aposentado, o jovem, o estudante, todos sem exceção. Definindo, focando, trabalhando, compartilhando e lutando para combater males como a ociosidade e a miséria, pois eles promovem violência e doenças. Todos compartilhando do planejamento orçamentário e decidindo quais políticas públicas implementaremos e quais obras realizaremos e o que fazer com o dinheiro público.

Imagine Carazinho completando 100 anos. Uma cidade 100% atendida por saneamento básico com água potável, esgoto tratado e com suas 28 sangas despoluídas; sem déficit habitacional e com pleno emprego, cada carazinhense com uma casa para morar e um lugar para trabalhar; uma cidade que atende plenamente a saúde de seu povo através da definição dos investimentos na saúde, prevenção da doença e tratamento da doença; segura em razão da tecnologia e aparelhamento disponível para os órgãos de segurança; que proporcione turno integral de educação para suas crianças enquanto seus pais trabalham; que receba pessoas de toda parte do mundo em razão do seu turfe, seu time de futebol, seu clube de paraquedismo, seu clube de carros antigos, seu atletismo, seu clube de motoqueiros e sua religiosidade. Muitas dessas coisas Carazinho já produziu, e pode muito mais.

Nossas principais atividades econômicas como: grãos, bacia leiteira, indústria metalmecânica e serviços poderão serem muito mais competitivas se tiverem ao seu dispor uma infraestrutura que lhe ofereça facilidades de operação. Poderão ser muito mais robustas se tiverem ao seu dispor um polo tecnológico que lhes ofereça assessoria para pesquisas de produtos, mercados e mão de obra qualificada. Nossos serviços públicos poderão ser mais eficientes se disponibilizarmos e incentivarmos nossos agentes públicos para capacitação constante de suas funções. Carazinho pode! Carazinho merece! Basta querermos, basta fazermos!

 

Carazinho, conte comigo!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s