UNALE apoia a CPI DAS TELES e fará campanha entre todos os Legislativos do Brasil

Ronaldo_nogueiraQuero agradecer a todos que desligaram seus celulares hoje. Foram milhões de aparelhos desligados! continuaremos nossa luta até Julho, todo dia 21 mais e mais pessoas irão aderir à campanha. Ontem estive com o Deputado Ernani Polo na UNALE, União dos Legislativos do Brasil, e ali com outros deputados estaduais ficou definido um calendário de ações conjuntas e entre elas a implementação dessa campanha em todos os estados.

Quero destacar e agradecer o apoio da Assembléia Legislativa do Rio Grande do Sul, especialmente, que também está apoiando esta campanha. Através do Deputado Ernani Polo e Deputado Jurandir Maciel e todos os deputados da casa estão juntos nesta campanha.

Também conversei com o Presidente Da Câmara Henrique Eduardo Alves sobre a CPI. Tua participação será muito importante! Continue conosco!

CPI DAS TELES

Anúncios

Democracia, liberdade e escolhas certas

imagesCAY433W9Tem coisas que você dá o valor quando perde!
Quem não ficou em apuros no chuveiro pela falta de água e se viu na escuridão quando faltou luz?

Tanto a luz como água fazem parte do nosso dia-dia e passamos desapercebidos de sua importância. Assim é a liberdade!

A liberdade é um sintoma da democracia, e sem democracia não existe liberdade. A campanha que se deflagra contra o poder Legislativo, cujos representantes são desqualificados tanto nos âmbitos municipais, estaduais e federal. Esse poder pilar da democracia é o mais vigiado, o mais cobrado por ser o mais transparente. Desconsiderar a importância do parlamento é enfraquecer um dos pilares da democracia. Façam uma experiência? Proteste no judiciário ou no executivo, façam num desses poderes o que fazem nos Legislativos? Abordem um agente publico do Judiciário ou do Executivo a qualquer hora ou qualquer momento e sobre qualquer coisa, como fazem com os legisladores? Façam as mesmas brincadeiras ou os mesmos pedidos? Experimentem ousar da mesma liberdade? No Poder Legislativo é verdade que alguns representantes não são dignos da investidura, mas é só ali? Conheço o Congresso e vejo que 80% são cidadãos de bem e bem intencionados. Nas ditaduras, quem sacrifica a liberdade e a própria vida para dar tinta na caneta de quem não tem e dar vós para quem não pode usar, são os parlamentares. Portanto, é necessário acreditar no parlamento, apesar de suas fraquezas, erros e acertos, é o parlamento que assegura tua liberdade! De quatro em quatro anos poderemos melhorar nosso parlamento!

Os 3 Poderes devem conviver em harmonia #euacreditonoBrasil

No final da votação de ontem (04/02) sobrou muito lixo espalhado pelo chão, enquanto santinhos, adesivos e materiais de campanha eram recolhidos pela equipe de limpeza fiquei refletindo sobre a vontade do povo que elege seus deputados, senadores e presidentes.
Ao assumir a presidência da casa, Henrique Eduardo Alves defendeu que os mandatos dos deputados condenados no mensalão não devem ser cassados automaticamente e já se confrontou com o judiciário dizendo que a palavra final será dada pela Câmara.
A eleição foi um acordo partidário, PMDB e PT decidiram quem seriam os eleitos, tanto para a Câmara quanto para o Senado. Ta na hora de repensar a democracia brasileira.
joaquim barbosaAo chegar para a cerimônia de abertura dos trabalhos do Congresso, o presidente do Supremo respondeu: “No Brasil, qualquer assunto que tenha natureza constitucional, uma vez judicializado, a palavra final é do Supremo Tribunal Federal. Não tenho mais nada a dizer”, disse Joaquim Barbosa.

Ao cumprimentar o Ministro Joaquim Barbosa informei-lhe que os Evangélicos do Brasil estão orando por ele!
Joaquim Barbosa numa demonstração de elegância e sabedoria num discurso de poucas palavras disse tudo!
E eu, Deputado Federal Ronaldo Nogueira, vou me concentrar em ajudar os municípios, visitei 272 municípios em 16 meses e assim vou seguir minha trajetória para fazer minha parte pelo Brasil. E no Congresso continuo persistindo, acredito nessa nação!

Barbosa pede ao Congresso atenção especial aos projetos de reforma dos códigos Civil e Penal
Presidente do Supremo lembra da importância da convivência harmônica entre os Três Poderes

O presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Joaquim Barbosa, pediu, nesta segunda-feira (4), atenção dos parlamentares a dois projetos considerados prioritários para o poder Judiciário: os novos códigos Civil e Penal, que estão em tramitação no Congresso Nacional.

— São dois projetos da mais alta relevância em tramitação no Congresso, sem os quais trona-se extremamente difícil o aperfeiçoamento da prestação do dever Judiciário.

As declarações foram dadas durante breve discurso de Joaquim Barbosa, durante a sessão solene de abertura dos trabalhos no Congresso. Barbosa leu a mensagem representando o poder Judiciário.

Barbosa reafirma que palavra final sobre cassação de mandatos é do Supremo

O presidente do STF desejou “um ano muito produtivo” aos presidentes do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), e da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), e lembrou a importância da boa convivência entre os Três Poderes.

— Independência e convivência harmônica entre o Judiciário, o Legislativo e o Executivo são essenciais para o fortalecimento da nova democracia e a consagração dos direitos previstos na Constituição Federal.

Antes da cerimônia, Barbosa foi questionado por jornalistas sobre a situação dos deputados que foram condenados no julgamento do mensalão e voltou a defender que a decisão final é do Supremo.

O STF decidiu que a perda do mandatos dos parlamentares condenados será automática, sem a necessidade dos deputados serem julgados pelos colegas na Câmara.

fonte: R7