#Caminhoneiros têm direito constitucional de descanso de 8 horas diárias

Integrantes da Comissão de Agricultura Pecuária,  Abastecimento e Desenvolvimento Rural encaminhou pedido à presidente Dilma Rousseff. O objetivo é a edição de uma medida provisória para mudanças e adequação na jornada de trabalho dos caminhoneiros.

Em entrevista ao repórter do Congresso Nacional Carlos Nascimento  enfatizei a importância desses profissionais e a valorização do trabalho daqueles que levam comida à mesa de milhares de brasileiros todos os dias.

“Houve um acordo entre o Governo e o setor tendo um prazo de 180 dias para adaptação a essa nova configuração legal. Existe também manifestos em razão da eficácia dessa lei, através da manifestação do sindicato dos transportadores de carga e o próprio movimento união Brasil caminhoneiro. Por que não há uma pacificação no setor de transporte quanto ao cumprimento dessa lei por que, principalmente os transportadores, alegam que a lei poderá trazer prejuízos para o setor.

Nós precisamos ser muito coerentes neste aspecto por que o motorista que está na boleia do caminhão no dia a dia das suas atividades está subjugado a uma sobrecarga de trabalho e a um stress constante além da sobrecarga de horas trabalhadas.

Existem motoristas que ficam até 16 horas direto na boléia do caminhão, queremos que estes profissionais tenham pelo menos a oportunidade de descansar suas 08 horas diárias conforme já consta na legislação trabalhista”.

OUÇA O ÁUDIO NA ÍNTEGRA:

Anúncios